Crenças Limitantes: como identificar e quebrar padrões que sabotam sua vida

As crenças limitantes são padrões de pensamentos, valores e comportamentos que muitas vezes são inconscientes e nos impedem de alcançar nossos objetivos e realizar nossos sonhos. Elas são como “verdades” que acreditamos sobre nós mesmos e sobre o mundo e que nos mantêm presos em uma zona de conforto, impedindo o nosso crescimento pessoal e profissional.

Para as mulheres que buscam o desenvolvimento pessoal, identificar e quebrar as crenças limitantes é fundamental para alcançar seus objetivos e melhorar suas vidas. Neste artigo, vamos abordar as principais crenças limitantes que afetam as mulheres e dar dicas práticas para superá-las.

Mulher bonita olha através de venezianas
As crenças limitantes de impossibilitam de ver a realidade

 

Alguns tipos de Crenças Limitantes:

1. Crença de merecimento: “Não mereço isso”.

A crença de merecimento é uma das principais crenças limitantes que afetam as mulheres. Ela pode se manifestar de várias formas, como achar que não merece um relacionamento saudável, um trabalho melhor remunerado ou até mesmo coisas simples, como uma taça de vinho em uma ocasião especial.

Para superar essa crença limitante, é importante começar a prestar atenção em seus pensamentos e comportamentos. Muitas vezes, agimos inconscientemente de acordo com essa crença, deixando de nos dar o melhor e dando preferência aos outros. Um exercício simples que pode ajudar a quebrar essa crença é fazer uma lista de todas as coisas que você já conquistou na vida e que mereceu, lembrando-se de todas as suas conquistas, mesmo as mais simples.

2. Crença de escassez: “Não há o suficiente para todos”

A crença de escassez é outra crença limitante muito comum entre as mulheres. Ela se manifesta quando acreditamos que não há o suficiente para todos, seja no âmbito financeiro, amoroso ou profissional. Essa crença pode levar a uma mentalidade de competição constante, ao invés de colaboração e cooperação.

Para superar essa crença limitante, é importante começar a praticar a gratidão e mudar o foco para o que você tem, em vez de se concentrar no que falta. Outra dica é buscar se cercar de pessoas que compartilham de uma mentalidade de abundância e colaboração, ao invés de competição. O pensamento de que há o suficiente para todos é uma crença poderosa que pode abrir portas e oportunidades.

3. Crença de autoimagem: “Não sou boa o suficiente”

A crença de autoimagem é aquela que nos faz acreditar que não somos bons o suficiente, seja em relação ao nosso corpo, nossa inteligência ou habilidades. Ela pode se manifestar de várias formas, como o medo de falar em público, a dificuldade em se relacionar com outras pessoas ou a procrastinação em buscar novas oportunidades.

Crenças limitantes jovem-mulher-triste-apoiando-se-em-uma-janela-e-olhando-atraves-dela
As crenças limitantes te fazem não merecedora de coisas boas

Para superar essa crença limitante, é importante começar a trabalhar sua autoestima e autoconfiança. Uma dica é fazer uma lista de suas habilidades, conquistas e qualidades, reconhecendo suas capacidades e se lembrando do que já realizou até agora. Outra dica é desafiar a crença limitante com fatos e exemplos contrários. Se você acredita que não é bom o suficiente para realizar uma determinada tarefa, por exemplo, procure por experiências passadas em que você conseguiu superar desafios semelhantes ou até mesmo realize a tarefa em questão, ainda que com receio inicialmente. Ao experimentar o sucesso, você fortalece sua autoconfiança e pode começar a mudar a crença que te limita que antes te impedia de agir.

Além disso, é importante lembrar que todos têm limitações e imperfeições, e isso não significa que você não é capaz de ser bem-sucedido. Aceitar suas limitações e reconhecer que você pode aprender e crescer com elas é uma forma poderosa de superar crenças limitantes e alcançar seus objetivos.

Por fim, buscar ajuda profissional também pode ser uma ótima opção para lidar com crenças limitantes. Terapias, coaching ou outras formas de aconselhamento podem auxiliá-lo na identificação, entendimento e superação de padrões de pensamento negativos que estão lhe impedindo de crescer pessoal e profissionalmente.

Em diversos casos, as crenças limitadoras podem se originar do contexto externo ao qual somos expostos constantemente, onde a cultura e a mídia tem um forte papel nessas influências, por exemplo. Essas influências podem levar a uma visão distorcida de si mesmo e de suas capacidades, o que pode ser prejudicial para a sua autoestima e autoconfiança.”

Mas o que são essas crenças limitantes?

Crenças limitantes são padrões de pensamentos que acreditamos ser verdadeiros e que acabam nos limitando em alguma área de nossas vidas. Essas crenças muitas vezes são criadas na infância e são reforçadas ao longo da vida pelos nossos pais, amigos, escola e ambiente em que vivemos.

Essas crenças podem ser sobre nós mesmos, como a crença de não sermos bons o suficiente, ou sobre o mundo, como a crença de que é difícil ganhar dinheiro. Quando acreditamos nessas crenças limitadoras, elas se tornam uma profecia auto realizável, ou seja, acabamos agindo de acordo com elas e criando resultados que confirmam essas crenças.

As crenças limitantes podem ter um impacto negativo em nossa vida, nos impedindo de alcançar nossos objetivos e sonhos. Por isso, é importante identificar essas crenças e trabalhar para mudá-las.

 

Leia também: O que são Crenças Limitantes, Exemplos e como a Psicologia pode ajudar a superar

 

Como identificar as crenças limitantes?

Para identificar as suas crenças limitantes, é importante prestar atenção aos seus pensamentos e comportamentos. Observe as situações em que você se sente insegura ou com medo, e tente identificar o pensamento por trás dessas emoções.

mulher-bonita-em-uma-camiseta-azul-olhando-para-a-camera-atraves-da-lupa-com-interesse-em-pe-sobre-rosa
Identifique as suas crenças limitantes

Por exemplo, se você tem medo de falar em público, pode ser porque acredita que não é boa o suficiente ou que as pessoas vão rir de você. Essa é uma crença limitante que precisa ser trabalhada.

Outra forma de identificar as crenças limitantes é prestando atenção aos seus padrões de comportamento. Se você sempre toma as mesmas decisões ou age de certa maneira em determinadas situações, pode ser que isso esteja relacionado a uma crença limitante.

Por exemplo, se você sempre evita confronto com as pessoas e acaba sempre cedendo às vontades dos outros, pode ser porque acredita que não tem voz ou que é melhor evitar conflitos. Essa é outra crença limitante que precisa ser trabalhada.

Como mudar as crenças limitantes?

Uma vez identificadas as suas crenças limitantes, é importante trabalhar para mudá-las. Aqui estão algumas dicas práticas para ajudá-la a mudar suas crenças limitantes:

  1. Reconheça que essas crenças não são verdadeiras: É importante reconhecer que as crenças limitantes não são verdades absolutas, mas sim interpretações que você fez sobre si mesma e sobre o mundo. Você tem o poder de mudá-las.
  2. Desafie suas crenças: Quando você se deparar com uma situação que reforça suas crenças limitantes, questione-se se isso é realmente verdade ou se é apenas uma interpretação sua. Procure evidências que contradigam essas crenças e se concentre nelas.
  3. Crie novas crenças: Em vez de focar nas crenças limitantes, crie novas crenças que o ajudem a alcançar seus objetivos e sonhos. Por exemplo, se você acredita que não é boa o suficiente, crie a crença de que está sempre aprendendo e melhorando.
  4. Repita essas novas crenças diariamente: Uma vez que você criou suas novas crenças, é importante repeti-las diariamente. Você pode escrevê-las em um papel e colocá-lo em um local visível, como em sua mesa ou espelho do banheiro, ou simplesmente repeti-las para si mesmo em momentos de dúvida ou desafio. Quanto mais você se concentra em suas novas crenças positivas, mais elas se tornam parte de sua identidade e mais fácil se torna agir de acordo com elas.

Isso pode ser um desafio, mas é possível mudar essas crenças limitantes e criar uma nova realidade para si mesma.

 

Veja também: 15 Atitudes que precisamos Abandonar para Alcançarmos a Felicidade

 

Aqui estão algumas dicas para ajudar a quebrar essas crenças:

  1. Identifique suas crenças limitantes: O primeiro passo para superar suas crenças limitantes é identificá-las. Tire um tempo para refletir sobre seus pensamentos e comportamentos e pergunte a si mesma o que está impedindo você de alcançar seus objetivos. Escreva tudo o que vier à mente, mesmo que pareça bobagem. Identificar suas crenças limitantes é o primeiro passo para superá-las.
  2. Desafie suas crenças limitantes: Depois de identificar suas crenças limitantes, é hora de desafiá-las. Pergunte a si mesma se essa crença é realmente verdadeira ou se é apenas uma ideia que você tem sobre si mesma ou sobre o mundo. Tente encontrar evidências que apoiem a crença contrária. Por exemplo, se você acredita que não é boa o suficiente para um determinado trabalho, tente encontrar evidências que mostrem que você é qualificada e capaz.
  3. Crie novas crenças: Depois de desafiar suas crenças limitantes, é hora de criar novas crenças positivas que o ajudarão a alcançar seus objetivos. Escreva afirmações positivas que o ajudem a mudar seus padrões de pensamento. Por exemplo, se você acredita que nunca terá dinheiro suficiente, tente mudar essa crença para “Eu mereço prosperidade financeira e estou disposta a trabalhar para alcançá-la”.
  4. Pratique o autocuidado: É importante cuidar de si mesma enquanto trabalha para superar suas crenças limitantes. Pratique o autocuidado, incluindo exercícios físicos regulares, alimentação saudável, meditação e outras práticas que ajudem a reduzir o estresse e a ansiedade. Quando você se sente bem consigo mesma, é mais fácil desafiar suas crenças limitantes e criar novas crenças positivas.
  5. Busque ajuda profissional: Se você está lutando para superar suas crenças limitantes, pode ser útil buscar ajuda profissional. Um terapeuta pode ajudá-la a identificar suas crenças limitantes e trabalhar com você para mudá-las. O coaching também pode ser uma opção para ajudá-la a alcançar seus objetivos e criar uma nova realidade para si mesma.
mulher-digital-desconectando-em-casa-lendo-livro
É possível mudar as crenças limitantes

Considerações Finais:

Ao trabalhar para superar suas crenças que te limitam, lembre-se de que isso é um processo contínuo e leva tempo e esforço. Mas, com perseverança e dedicação, você pode mudar suas crenças e criar uma nova realidade para si mesma.

As crenças limitantes podem ter um impacto significativo em nossas vidas, limitando nossa capacidade de alcançar nossos objetivos e sonhos. No entanto, é possível superar essas crenças e alcançar um estado mental mais positivo e confiante. Para isso, é necessário identificar as crenças limitantes, questioná-las, trabalhar na autoestima e autoconfiança, e criar novas crenças que o ajudem a alcançar seus objetivos. Com perseverança e dedicação, podemos superar essas crenças e alcançar o sucesso que desejamos em nossa vida pessoal e profissional.

Lembre-se de que as crenças limitadoras podem ser um desafio para superar, mas são apenas uma parte de quem somos. A mudança é possível, e com a prática, podemos desenvolver uma nova perspectiva positiva em relação a nós mesmos e ao nosso potencial. Ao trabalhar em nossas crenças limitantes, podemos nos abrir para novas possibilidades, aprender coisas novas e crescer como indivíduos.

 

 

Gostou desse assunto? Veja outras matérias que poderão te ajudar na construção de sua melhor versão

7 Razões Importantes para Definir Metas

 

 

Veja outras matérias que podem complementar este assunto:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *